Make your own free website on Tripod.com

 


 

  Ó Santo Sebastião
És digno do nosso amor
E da nossa devoção
Seguistes de coração
Os caminhos do Senhor
  Em Roma foste alistado
Rima as armas seguir
Como valente soldado
Mas com o fim reservado
Para os cristãos acudir
  Espírito cheio de luz
Tão claro nos seus sentidos
O teu falar em Jesus
Em pouco tempo produz
Serem muitos convertidos
  O imperador em acção
Julga que não se engana
Dedica-te a estimação
Nomeou-te capitão
Da guarda pretoriana
  Comandaste na verdade
Num alto lugar bem visto
Mostrando tanta bondade
Tudo numa felicidade
Para os inimigos de Cristo
  Ao haver conhecimento
Do que já se havia dado
Com ordem de cumprimento
Foste num acampamento
Por flechas trespassado
  Curaste-te plenamente
Cheio de amor abrasado
O bom Deus omnipotente
Sempre com desejo ardente
De seres martirizado
  Voltas-te ao imperador
De modo firme e audaz
Falaste do seu rancor
Disseste se assim for
Não terás sossego nem paz
  Então ele enraivecido
Até mais não poder ser
Deu ordens e foi ouvido
Foste então por seu pedido
Espancado até morrer
  O teu coração mostrou
Sempre carinho e bondade
Ao bom Deus que nos criou
O teu martírio marcou
Num cunho de santidade
  A tua resignação
Ao sofreres cruéis dores
Foi para tua salvação
Também seja em intenção
Das almas dos pecadores

 

  Saida de Santo António
Salva a Santo António
Entrada em Santo António
Salva Santa Cruz
Salva a São Jorge
Salva a São José
Salva a São Lazaro
Salva a São M iguel
Salvé Rainha do Rosário
Salvé a Nossa Senhora
Bendito Pecador
Salva a Santa Barbara
Salva a Sant' Ana
Salva a São Sebastião
Salva do Espírito Santo
Salva ao Senhor dos Passos
Virgem Dolorosa
De Vós Me Aparto Mãe
Salva ao Salvador do Mundo
Salvé Santo António de Lisboa
Santo António Rogai por Nós
Santo António Viveste o Evangelho
Oração Antes de Comer
Oração Depois de Comer